sábado, 11 de agosto de 2007
MOVIMENTO PEDIRÁ A LULA RESPEITO NAS PERÍCIAS DO INSS.

Um tratamento mais humano e com dignidade aos trabalhadores que têm de passar por perícia médica no INSS será reivindicado diretamente ao presidente Lula em grande mobilização dia 15 deste mês, em Brasília.

Entidades em todo o país, entre elas o SindBancários e a Federação dos Bancários RS (Feeb-RS), participarão da manifestação do Dia Nacional de Mobilização, organizado pela CUT, que abre campanha contra perda de direitos na já anunciada reforma da Previdência.

A mobilização, que tem entre adesões o Instituto Nacional de Saúde do Trabalhador da Central Única dos Trabalhadores (INST-CUT), o MOVIDA Brasil (Movimento em Defesa da Vida e da Saúde da Classe Trabalhadora) e o FSST (Fórum Sindical de Saúde do Trabalhador), prevê entrega de um documento a Lula, ministros e gestores da Previdência Social reivindicando o fim dos maus tratos a milhares de trabalhadores que recorrem à perícia médica no INSS.

O movimento acusa a Associação Nacional dos Médicos Peritos de promover campanha para desqualificar quem busca benefícios, tentando passar imagem de que pessoas falsificam solicitação de benefícios. Um manifesto das entidades pedirá a atenção das autoridades para os absurdos que acontecem.

Para o presidente, será proposto um conjunto de ações para qualificar o trabalho das perícias, tornando-as mais transparentes e exigindo que o resultado dos exames seja assinado pelos médicos.

A contratação de profissionais da saúde e serviço social para auxiliar na reabilitação dos trabalhadores afastados por doença é outra sugestão. Também será pedida suspensão de revisão das aposentadorias por invalidez até que sejam definidos critérios transparentes do procedimento.

A mobilização servirá para defender que os ganhos da retomada do crescimento da economia e da efetivação do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) revertam também em melhoria nos salários dos trabalhadores.

Propostas para garantir dignidade do atendimento:

1. Fim da COPES.

2. Capacitação dos médicos peritos realizada por Universidades Públicas.

3. Fornecimento imediato do resultado das perícias, assinado expressamente pelo médico perito autor da avaliação.

4. Proibição do perito médico do INSS de acumular a função de médico de empresa ou prestar assessoria a empresas.

5. Identificação de todos os servidores do INSS por meio de crachá.

6. Reunião mensal entre a gerência regional do INSS e representantes dos trabalhadores.

7. Tratamento humanitário e respeitoso aos segurados.

8. Transparência e divulgação das ordens internas de serviço.

9. Suspensão da revisão das aposentadorias por invalidez até que haja critérios transparentes, bem como humanização do atendimento e pleno funcionamento da reabilitação profissional.

10. Participação do chefe de benefícios nas reuniões do Conselho de Previdência.

11. Contratação de outros profissionais, como psicólogos, assistentes sociais e sociólogos, para que a perícia e a reabilitação profissional fiquem adequadas a nova realidade do trabalho.

12. Chefia nacional da perícia médica que garanta a implementação das normas técnicas elaboradas de forma tripartite.

13. Realização da Primeira Conferência Nacional de Previdência Social.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Porto Alegre.


Nota do Editor: Infelizmente, perdemos o bonde em apresentar nossas reivindicações nesse movimento. Abdicando da iniciativa, colocamos nas mãos de outras pessoas a responsabilidade por nossas vidas e segurança. Você colocaria o futuro de sua família nas mãos de um total estranho? Pense nisso e saia da inércia.


Compare preços de:


CDS - DVDS - TERAPIAS - PURIFICADORES - INALADORES E NEBULIZADORES - MEDICAMENTOS - MEDIDORES DE GLICOSE - PRODUTOS P/ ALÉRGICOS


 
posted by Arthurius Maximus at 00:48 | Permalink |


1 Comments:


At 11 de agosto de 2007 10:06, Anonymous José Antônio Tosta Agostinho

Bom dia.
Quanto a questão "MOVIMENTO PEDIRÁ A LULA RESPEITO NAS PERÍCIAS DO INSS" será uma vitória daqueles que atualmente estão imcapacitados para o trabalho tendo em vista que os peritos não estão respeitando o histórico clínico do segurado e muito menos relatório médico e exames apresentados nas perícias. Estão tentando defender os médicos perítos colocando "SEGURANÇAS" "PORTAS QUE DETECTA POSSÍVEIS ARMAS (FACAS, ESTILETES E REVOLVERES), mas quanto a segurança dos segurados nada tem sido feito. Médicos peritos estão nadando de braçada, sendo muito bem remunerados e dando um péssimo atendimento e até maltratando/inibindo/injustiçando segurados que realmente não tem condições de voltar ao trabalho devido a imcapacidade laborativa.
"ISTO ESTÁ ACONTECENDO NO POSTO DO INSS ONDE FAÇO MINHAS PERÍCIAS" (Estou afastado por acidente de trabalho a seis anos e durante todos este tempo não tive ao menos possibilidade de ser submetido a uma reabilitação profissional, desde o dia do meu afastamento até hoje meu quadro clinico tem se agravado ano após ano).
Teria mais coisas a dizer mais vou ficando por aqui agradcendo a oportunidade de tecer comentário quanto a questão pericial.

 
BlogBlogs.Com.Br